5 documentários sobre moda e design para assistir na quarentena

5 documentários sobre moda e design para assistir na quarentena

O mundo mudou. Com a pandemia da COVID-19, a população está em casa por segurança e por amor ao próximo. O isolamento social e a quarentena passaram a ser uma necessidade. Com isso, nossos dias ficaram maiores. Não gastamos tanto tempo nos transportes públicos ou em deslocamentos de idas e vindas de reuniões. Podemos acordar um pouco mais tarde e fazer exercícios em casa mesmo, ali na sala ou na varanda. A quarentena durante esse momento do coronavírus, trouxe muitas mudanças à rotina e ao modo de consumir de todos. O que antes era um momento de relaxamento, como assistir filmes e programas de TV, virou mais que uma necessidade de ocupar a mente.

Isso se reflete quando pensamos nos canais de streaming, nas horas em frente às telas de celulares e na lista de filmes, documentários e livros que todos querem colocar em dia. Mas, o que ver quando temos um tempo livre? Como não ficar perdendo tempo procurando algo para assistir e, no final, não encontrar nada que agrade ou que prenda a nossa atenção?

Por isso, no texto de hoje, listamos 5 documentários sobre moda e design para assistir nessa quarentena. Ficou interessada? Então, liga o Netflix que nós vamos te dar as dicas para uma noite relaxante e muito cultural na frente da TV. Prepare a pipoca, o cobertor e o moletom confortável porque você não vai querer mais sair do sofá.

Abstract – The art of design – Netflix

Vamos começar com esse documentário sobre design produzido pela própria Netflix. Ou seja, prepare-se para uma fotografia de qualidade e uma produção impecável. Como o nome já diz, o design é o tema central de Abstract, e ele será revelado pelo olhar distinto de oito mentes criativas, ou seja, oito profissionais do ramo, mas de diferentes setores vão dialogar com o que pensamos ser design.

Na lista estão um arquiteto (Bjarke Ingels, do BIG), uma designer de interiores (Ilse Crawford), uma cenógrafa (Es Devlin), um ilustrador (Christoph Niemann), um fotógrafo (Platon), um designer de tênis (Tinker Hatfield), uma designer gráfica (Paula Scher) e um designer de automóveis (Ralph Gilles). Ou seja, a série mostra que o design vai muito além do visual e nos leva para dentro da concepção de olhares, produtos, projetos e muito mais.

Objectified – Netflix

Você já parou para pensar nos objetos do seu dia a dia e na praticidade que eles apresentam? O cabo da escova de dente que adéqua a sua pegada, a caixa de biscoito com um lacre rápido, o seu smartphone que tem a tela de um tamanho ideal… tudo isso é pensando por um profissional da área do design. E é isso que Objectified explica. E, por mais que você saiba disso, o documentário vai mostrar como é impressionante a percepção que temos de identidade visual e consumismo em cada item da nossa rotina.

Objectified fala do design industrial e de produto na sua essência e vai te deixar intrigado, querendo entender cada vez mais esse universo. Lembrando que o filme foi premiado no festival South By Southwest em 2009.

McQueen, 2018 – Netflix

Mas se a sua paixão é design, mas com um foco em moda, esse sobrenome já deve ter deixado você intrigada. Alexander McQueen foi um dos nomes mais famosos da moda no final dos anos 90 e início dos anos 2000. Irreverente, inquietante, forte e disruptivo, assim era o estilista britânico que conseguiu fama a frente da marca francesa Givenchy e com sua marca que levava seu nome, atingiu a alta sociedade da moda.

McQueen vestiu celebridades como Madonna, Beyoncé, Rihanna, Lady Gaga, Naomi Campbell, Sarah Jessica Parker, Katie Holmes, e Michelle Obama.

Feito por Ian Bonhôte, o documentário mostra a sua trajetória por dentro dos arquivos do designer britânico, entrevistas com familiares e antigos colegas de equipe, fazendo do filme uma bela homenagem a Alexander McQueen e a toda a sua trajetória, finalizada em 2010, quando se suicidou, com 40 anos de idade.

The September Issue (2009) – Netflix

Conhecida como a personagem principal de “O Diabo veste Prada”, Anna Wintour é considerada o maior nome do jornalismo de moda no mundo. Após passagem por diversas revistas de renome, Wintour assume a Vogue Americana no cargo de editora chefe, e passa a ser o rosto da moda no mundo. Passarelas, desfiles, estilistas, novidades, quedas e fiascos, tudo do mundo da alta costura nas mãos de uma editora.

Nesse documentário sobre a indústria da moda, você vai descobrir como nasce uma revista, como são feitos os editoriais, quem manda e desmanda e como são os bastidores daquelas edições enormes consideradas bíblia fashion. O nome do documentário já traz muito significado e informação. Setembro é considerada a maior e mais importante edição do hemisfério norte. Nas páginas dessa revista estarão as tendências e tudo de mais importante no mundo da moda. E como essa edição é montada? Não vamos dar spoiler. Só vamos adiantar que vale a pena fazer um balde de pipoca para esse filme.

Jeremy Scott: The People’s Designer (2015) – Netflix

Controverso, irreverente e, mesmo assim, adorado e idolatrado. Assim podemos resumir o estilista norte americano Jeremy Scott. Conhecido por sua trajetória em uma das maiores marcas de moda, a Moschino, o designer assinou também coleções com marcas como adidas e Longchamp. Neste documentário, o realizador russo Vlada Yudin conta a história de Scott, desde a sua infância humilde até ao seu grande apogeu.

O documentário traz à tona sua influência com a cultura pop e, consequentemente, sua fama com figurinos de artistas famosas como Beyoncé, Rihanna, Lady Gaga e Nicki Minaj. Alguns nomes aparecem no longa-metragem em forma de depoimentos para mostrar a ligação forte entre o estilista e o universo do show business.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.